Posted on August 22, 2014 · Posted in Portuguese

Se as formigas podem ajudar a capturar o dióxido de carbono da atmosfera, elas podem salvar a terra do aquecimento global?

Um dos objetivos fundamentais do projeto ROBIN é estabelecer relações empíricas entre a biodiversidade e sua capacidade de mitigar a mudança climática. Neste sentido, é importante conhecer que elementos de biodiversidade estão contribuindo para esse efeito, e como estão realizando. Existem vários caminhos através dos quais a biodiversidade pode ajudar a reduzir a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera. Embora, a conservação e o desenvolvimento de massa florestal seja importante, a biodiversidade também pode oferecer muitas outras possibilidades.

Por exemplo, o descobrimento do  geólogo Ronald I. Dorn, Universidade Estadual da Califórnia, onde registra  oito espécies de Formicidae (formigas) podem transformar alguns minerais da terra em  carbonato de cálcio, também conhecido como calcário. Neste caso o proceso ocorre  quando as formigas “lambem” os grãos de areia a fim de fazê-los aderir às paredes de seus ninhos, formando  o calcário,  apartir de bactérias que vivem no intestino do inseto, capturando  durante este  processo, dióxido de carbono,  presente no solo.

Neste  proceso, são eliminados uma pequena quantidade de dióxido de carbono na atmosfera. Esta contribuição das formigas para criação do calcário é  uma variante terrestre  até então pouco conhecido  do processo planetario de refrigeração  masiva,  melhor caso conhecido até o presente , para os ecossistemas de recifes marinhos.

Ants

http://goo.gl/DPMqC2

http://goo.gl/oQHXea

http://goo.gl/B8Q742